segunda-feira, 23 de abril de 2007

De Repente, nas Profundezas do Bosque...

Sou uma pessoa bastante curiosa e , por tudo o que aqui se encontra já escrito, profundamente intrigada com a questão humana versus meio ambiente. Existe um "link" entre nosso confortável dia a dia e a destruição eminente. Sigo assim, em caminhos outros, buscando em outras paragens respostas para isto que me faz questão.
Encontro a resenha de um livro no Jornal Estado de São Paulo deste domingo, dia 22 de abril, aliás Dia da Terra...a Terra dos Nossos Sonhos. Algo ressalta ao meus olhos e me induz à leitura: "HISTÓRIA SE PASSA EM ALDEIA ONDE OS ANIMAIS SÃO LENDAS".
Trata-se do livro do escritor israelense Amós Oz chamado "De Repente, nas Profundezas do Bosque".
Eis o comentário produzido por Wilson Bueno:
"Conta o autor a história de uma aldeia de onde desapareceram (ou foram extintos?) todos os animais - dos silvestres aos domésticos e onde não sobrou sequer um único pardal ou o mais reles cupim, tudo virou 'lenda'. Tudo acontece apenas na memória, entre outros, da professora Emanuela, mal-amada e obsessiva, a história pretérita da aldeia, com sua diversificada e inquieta fauna, seus cães e gatos, passarinhos e borboletas, sapos e mariposas, tudo se converte no delírio de quem, a exemplo dela, por sozinha e carente, vive no mundo do 'era uma vez'...As novas gerações duvidam, e duvidam tenazmente, de que tais elementos 'fantasmagóricos' tenham um dia existido. A não ser na fértil imaginação dos mais velhos... Uma gente disposta a fazer do passado, como de hábito, exercício fantasioso, seja pelo viés da nostalgia que marca as lembranças acossadas pelo devaneio, seja porque não tendo o que contar, mais que 'inventam' - 'fabulizam', 'viajam' no passado por tudo o que de 'in-provável' mora nele.Provocadas pelo mistério, duas crianças aldeãs, Maia e Mati, decidem empreender percuciente investigação à cata da verdade.
De novo, a fábula da fábula se coloca impactante e desafiadora - terão existido mesmo os bichos de que falam os mais velhos ou tudo não passa da projeção de vidas sem história e, porque sem história, plenas de invencionices as mais exacerbadas? Como podem existir seres que voam e trinam? Que estórias são estas em que uns tais de cães ladram e uns que tais cavalos relincham?(...) .Os bichos, todos os bichos desapareceram da aldeia porque maltratados por seus habitantes: os cavalos, porque chicoteados sistematicamente; os gatos porque afogados e apedrejados; os cães porque duramente castigados por seus donos; os insetos porque dizimados por toda sorte de venenos."
Bom ,eu não li ainda o livro mas confesso que fiquei bastante curiosa pois dizem , por aí, que a vida imita a arte ...
Leia um trechinho do livro
Capítulo 1
A professora Emanuela explicou à classe como é um urso, como os peixes respiram e que sons a hiena produz à noite. Ela também pendurou na sala gravuras de animais e aves. Quase todos os alunos debocharam dela, porque nunca na vida tinham visto um animal sequer. E muitos deles não acreditaram que existissem no mundo tais criaturas. Pelo menos nas redondezas. Sem contar, disseram, sem contar que a professora não tinha conseguido encontrar na aldeia alguém que topasse ser seu marido, e por isso, disseram, a cabeça dela estava cheia de raposas, pardais, todo o tipo de invencionice que as pessoas sozinhas criam devido à solidão.

2 comentários:

Claudia Riecken disse...

Querida Ana,

O Blog trata de assunto urgente, eminente, e é valoroso. Vamos procurar os oásis da Terra, onde a coisa está funcionando,onde há vida e preservação? Sei que pra cortar o mal pela raiz, devemos enfrentá-lo, e sei também que disseminar o bem tem valor. E dá esperança e alegria. Vamos procurar- os raros- exemplos...? Da sua admiradora Claudia Riecken

Estela disse...

Boa tarde !
Meu nome é Estela, sou assessora de imprensa da ECO Business, que é uma feira e congresso sobre sustentabilidade que está em sua terceira edição.Ocorrerá nos dias 31 de agosto, 1 e 2 de setembro.Realizamos a feira ECO Business com o objetivo de promover o encontro de empresas e players que compartilham dos mesmos valores proporcionando a empreendedores de diversas áreas, a oportunidade de expor e debater sobre a evolução de programas sustentáveis em suas organizações. Abrir fronteiras para novos parceiros e identificar tendências e perspectivas do panorama mundial afim de garantir o sucesso mercadológico.
Levando em consideração sua participação no BLOG Histórias ambientais, acreditamos significativo o seu comparecimento em nosso evento.Nós da ECO Business convidamos a você e todos os leitores do blog a conhecer as empresas e seus projetos sustentáveis, além de interagir com outras pessoas engajadas em causas sustentáveis.
Nos colocamos à disposição para qualquer dúvida relacionada a nosso evento, ou acesse: www.ecobusiness.net.br ou www.ecobusiness.net.br/blog
Teríamos prazer em fazer uma parceria para divulgação e troca de matérias entre os blogs, evidentemente com link para o Blog de vocês, estratégia essa que sem dúvidas daria mais visibilidade ao Histórias Ambientais e que nos deixaría lisonjeados.

Aguardo contato.
Abraço.